Apoio ao empreendedor
Pessoas no centro: business to people  |  Login/Cadastre-se

Blog você está em: home / Blog

Como vencer em meio ao caos – dicas de uma contadora

Como vencer em meio ao caos – dicas de uma contadora
1 Jan 17

Última alteração - 30/03/2017 15:12:33

O ano de 2016 trouxe o agravamento da crise econômica e política do País, deixando muitos empresários inseguros e amedrontados. Com boa capacidade de administração é possível tomarmos medidas para que nossas empresas não sejam afetadas internamente e que as turbulências desse ano não se reflitam no cenário de 2017.Para ajudá-los a não se contaminar e a passar por essa fase, vamos listar alguns pontos que vão ajudá-lo.

Ter total controle financeiro da sua empresa é imprescindível em qualquer época, mas em épocas de crise torna-se muito mais necessário.

O empresário deve conhecer todos os seus números para tomar decisões, fluxo de caixa é a melhor ferramenta para isso, mas há outras que também podem ajudar e muito. Para empreender, você precisa estar de olho bem aberto em oportunidades voltadas às suas operações empresariais. Para sobreviver, crescer e ter uma empresa de sucesso, você precisa ter um contador amigo e que seja seu parceiro. É fundamental para o sucesso manter a sua contabilidade em dia, mesmo que você tenha uma pequena empresa ou empresa de pequeno porte, esse controle pode te mostrar um horizonte bem maior do que você enxerga. Muitos empresários não sabem, mas os relatórios contábeis são uma foto do seu negócio e devem ser utilizados sempre e não apenas no final do exercício.

Abaixo vamos listar algumas ações que podem ser tomadas para superar esse momento de pessimismo e manter os negócios.

1 – Reduzir custos fixos de forma a minimizar o ponto de equilíbrio, eliminar desperdícios, evitar e diminuir despesas ou adiá-las. Isso é agir com proatividade.

2 – Gerenciar e controlar o capital de giro, evitar empréstimos, descontos de duplicatas e principalmente factorings. Em caso de inadimplência dos seus clientes, você pode não conseguir cumprir com essas obrigações. Por mais óbvia que essa recomendação pareça, na prática ela acaba sendo esquecida pela grande maioria dos devedores, negocie suas dívidas e não fuja dos seus credores.

3 – Analisar o mix de produtos ou serviços. Dê preferência ao que traz mais valor agregado, crie novos produtos ou serviços. Invista em diferenciação e Inovação.

4 – Pesquise seu mercado, sonde a concorrência, cuidado com a inadimplência, ouça o que seus clientes estão dizendo e entenda-os. Se necessário, amplie o prazo de crédito deles, mas, antes disso, tenha 100% de controle do seu fluxo de caixa.

5 – Parcerias. Essa é a palavra da vez. Não se contamine pela situação que já não está boa, sua empresa não irá acabar, só fazer a lição de casa, sem pânico ou drama, tomando as decisões corretas, baseadas em atos e não em fatos e faça parcerias com empresas ou pessoas que possam agregar ao seu negócio, crie sinergia, pense ganha-ganha, mas, lembre-se, sempre baseado em dados reais. Conheça sua empresa.

 

 

 

Juliana Lourenço é sócia-diretora da Life Consultoria Empresarial, empresa especializada em contabilidade e tributação de pequenas e médias empresas. É graduada em Ciências Contábeis, com MBA em Controladoria e Finanças e Especialização em Educação e Gerenciamento de Projetos. Tem 16 anos de experiência nas áreas contábil-fiscal-folha de pagamento. http://www.lifeconsultoriaempresarial.com.br/