Apoio ao empreendedor
Pessoas no centro: business to people  |  Login/Cadastre-se

Blog você está em: home / Blog

Ainda tem gente que diz que o ano só começa depois do Carnaval. E para você?

Ainda tem gente que diz que o ano só começa depois do Carnaval. E para você?
1 Jan 17

Última alteração - 11/07/2017 16:44:59

Recentemente, ouvi de um empresário, ao propor uma reunião para nos conhecermos e identificarmos sinergia de negócios, uma série de reclamações sobre o mercado.
No entanto, o que mais me chamou a atenção foi a sugestão dele de voltarmos a conversar em fevereiro, já que o ano só começaria mesmo após o Carnaval. Acreditem: não era desculpa para escapar do meu contato. Conversamos um bom tempo sobre seus desafios comerciais e concluímos que a minha empresa poderia solucionar alguns de seus problemas.

Confesso que tive dificuldade de processar o que ouvi, principalmente porque quem nos apresentou fez questão de frisar que se tratava de uma pessoa muito bem-sucedida e posicionada no segmento em que atuava. Para mim, sucesso e procrastinação não combinam!
Então, fiquei me perguntando se ainda persiste a crença de que no Brasil as coisas só acontecem depois da quarta-feira de cinzas.

Pensei nas adversidades que enfrentamos em 2016 decorrentes das consequências da Operação Lava Jato, impeachment da nossa presidente, crise econômica e política... tantos desafios clamando por soluções imediatas. A pergunta que não quer se calar é: como podemos esperar a “banda passar” com tato por fazer? Ou você acredita que qualquer iniciativa, movimento ou mesmo mudança será colocado em andamento depois da apuração dos resultados das escolas de samba que desfilarão no Sambódromo? Espero que não!!!

Então, se você é do time do “quem sabe faz a hora e não espera acontecer”, veja algumas sugestões para serem colocadas em prática assim que 2017 der o ar da sua graça:


- Que tal começar por um “exame de consciência” empresarial? Divida uma folha no meio e numa das colunas relacione os aprendizados que trouxeram resultados positivos em 2016 e na outra registre as lições que não deram certo. Veja seu negócio ou prática profissional de maneira ampla; não se restrinja apenas à rotina diária.


- Agora, vamos ajustar o foco nos fatores determinantes do sucesso e.... do fracasso? Identifique que competências foram colocadas em ação na coluna das conquistas e na outra quais foram os comportamentos que levaram aos resultados indesejados. Avalie o que poderia ter sido feito de maneira diferente e que, em acontecendo dessa nova forma, os resultados seriam muito melhores.
 
Depois releia com atenção suas ponderações. Identifique três objetivos a serem alcançados em 2017 com o seu negócio ou atividade profissional. Para cada um deles, determine três providências imediatas que você deverá colocar em ação no primeiro trimestre deste novo ano e divida cada providência em pequenos afazeres bem detalhados com prazos para serem finalizados. Lembre de comprometer-se com o que é factível para você realizar e não com o idealizado. Toda mudança começa com um pequeno passo, seguro, firme e sem tropeços.

A cada trimestre, repita esse procedimento. Precisamos de pequenas metas com condições de visualização e realização para obtermos grandes conquistas. Vamos começar? Depois me convide para comemorarmos juntos tudo o que foi “ticado”!!

 

 

Marcia Guimarães é psicóloga e sócia da e2d, empresa especialista em desenvolvimento empresarial, por meio de soluções em prospecção e comercialização de produtos e serviços de alto valor agregado. http://e2d.com.br/